Templos em Chiang Mai

Templos são igreja a diferença que na Tailândia alguns são antiquíssimos, mas preservados até hoje. É um lugar para adorar as suas divindades (Budistas e Hinduístas). A cidade de Chaing Mai, abriga mais de 300 templos e muitos do século XIV. Não consegui visitar todos, mas falarei de alguns. 

Antes de começar a visita entre no post ” O que você precisa saber antes de ir para Tailândia.”

Wat Phrathat Doi Suthep

Você não pode deixar de ir !

É a atração principal da cidade e em minha opinião o mais bonito que visitei em Chiang Mai. Construído no topo de uma montanha este templo é cheio de adereços, flores, jardins, arabescos, dragões e esculturas.

Photo by Claudia Grunow

Não sou Budista, mas gosto de história e poder estar em uma construção do século XIV foi muito interessante. Só não aproveitei muito, porque estava sem guia, e não sabia direito o que era cada escultura, mas pude perceber que ele se mesclava entre budismo e hinduísmo, pois tem um Ganesha (divindade hindu) em umas das alas.

Nele há várias esculturas, insígnias cravadas e pintadas em portas e janelas, flores de lótus, velas para oferendas, vários sinos e um gongo que você deve tocar para avisar a sua chegada.

Fica uma dica: Se tiver uns bahts a mais e interesse, na porta do templo tem guias bilíngues, oferecendo-se para o tour no templo.

Descobri após a visita que tem uma história sobre a construção do templo. Este teria sido erguido naquela montanha porque um elefante branco teria morrido ali e este trazia o último osso do Buda (Siddhartha Gautama), porém isto pode ser um mito. História ou não foi muito vantajoso ter subido 306 degraus e percorrer as 29 alas deste templo. Vi na prática que pessoas em qualquer parte do mundo se curvam, se entregam, se devotam na opinião firme de que suas divindades os atende, os protege.

Flor de lótus

Flor de lótus

Informações

Como Chegar?

Li vários blogs que indicavam ir á pé e de fato dá para ir, mas preciso avisar que para chegar ao templo existe uma longa subida e sem acostamento. Eu indicaria alugar uma moto, pagar um táxi ou Tuk Tuk. Para você ter uma noção do trajeto ele fica a 15 KM do centro da cidade.

Endereço: Sobe a Huaykaew RD. no sentido saindo da cidade. Antes de chegar ao templo você vai passar no Chiang Mai Zoo. Tem placa avisando e todos de Chiang Mai conhecem o Templo.

Ingresso: 30 baht.*

Vale informar que na saída do templo tem várias lojas com comida e souvenir. Comi um milho verde delicioso lá.

Wat Phra Singh e Wat chedi Luang

Estes dois estão dentro da cidade no centro antigo (Old City – leia mais a respeito no post Demais passeios em Chiang Mai).

No Templo Wat Phra Singh tem uma estátua importante que dá o nome ao templo a Phra Buddha Sihing. 

Ele assemelha-se ao templo mencionado acima, mas não é tão rico em detalhes e é menor.

 

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

O Templo Wat Chedi Luang também é antigo, mas não está terminado. Eu pensei a princípio que ele estava em ruínas, mas na verdade ele não foi acabado.

Ambos os templos estão muito próximos você verá nos mapas que o acesso é fácil.

Informações

Wat Phra Singh

Edereço: Passando o Suandok Gate o templo fica entre a Inthawarorot Rd. e Ratchamankha Rd.

Wat Chedi Luang

Endereço:Fica entre a Ratchamanka Rd. e Sunday Walking Street Rd.

Ingresso:Ambos não cobraram entradas, mas é aconselhar a doar 20 baht.Porém a doação é voluntária.

Wat Suan Dok

Ele na verdade é um mosteiro onde tem um campus da Universidade pública Budista de Bangkok (MCU). Também não está no roteiro dos mais importantes, mas eu indico por alguns motivos. Nas segundas, quarta e sexta você tem conselhos com monges e no interior dele existe um restaurante vegetariano.

Eu o encontrei por acaso, era ao entardecer  e as luzes douradas, as estupas brancas, deram todo um charme ao lugar. E assim que adentrei os portões uma chuva torrencial caiu. Para me proteger escondi-me debaixo de uma ala maior que estava fechada, por conta do horário.

Photo by Claudia Grunow

 

Os minutos seguintes foi um silêncio de palavras apenas os pingos da chuva fazendo melodia aquela cena. Eu estava em um êxtase, nunca havia entrado em um lugar daquele e várias perguntas surgiram, era muitas dúvidas? O que eram as estupas brancas? Porque aqueles sinos? E a parte maior em dourado? A chuva durou apenas dez minutos, mas foram os minutos mais estranhos da minha vida e guardei no coração este espaço. Afinal foi o primeiro lugar de devoção Budista que conheci na Tailândia.

Informações

Endereço:Fica na Suthep Rd. em frente ao “Neurogical” Hospital.

Ingresso:Não há.

Estes foram os que visitei e claro se você tiver tempo pode escolher os mais de trezentos espelhados pela cidade. Vários deles são bonitos. Enquanto andava pela cidade para encontrar outros pontos turísticos me deparei com alguns ricos em detalhes e tirei umas fotos para que vocês tenham noção de como eles são. Além dos templos você vai encontrar pela cidade muitos altares para divindades budistas ou hinduísta. Os que informei são muito famosos, mas além deles ouvi falar do JetYod  o Wat Srisupan. Se tiver tempo aproveite e visite-os.



Categorias:Chiang Mai

Tags:, , ,

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: