Koh Tao

Li numa revista de turismo, num dos barcos nesta viagem que fiz à Tailândia, que a Ilha Koh Tao é jovem. Até 1943 ela estava inabitada. Isso não quer dizer que antes, ninguém tenha dado um pulinho lá, mas foram somente passeios esporádicos como um rei que deixou o seu busto entalhado na praia de Sairee. Porém a histórias que me chamou mais a atenção, foi a de que ela serviu de prisão no passado. Isso mesmo! Prisão… Política é claro! Os políticos se dão bem em tudo que é lugar, mas não se engane a ilha era inóspita cheia de tubarões, malária e houve prisioneiros que morreram de fome. Enfim, mesmo assim um dos prisioneiros escreveu o seguinte comentário sobre a ilha:

The only joy each day is watching the sunset to sea. It is a spectacular scene…

(A única alegria a cada dia é estar observando o pôr do sol no mar. É uma cena espetacular.)

Por do Sol em Sairee Beach- Photo by Claudia Grunow

Por do Sol em Sairee Beach- Photo by Claudia Grunow

Sinceramente eu também fiquei encantada com o por do Sol e acho que não teria problemas de cumprir uma pena de uns dois anos nela, desde que não fosse pena de morte.

A primeira impressão

Koh Tao entrou no roteiro porque Eu e uma amiga, queríamos conhecer a famosa ilha Koh Nang Yuan que fica bem próxima. Achávamos que essa era a única atração deste passeio. Então, ao sairmos do Brasil, colocamos apenas um dia para esse local, mas depois de Koh Samui jogamos mais um dia pra ela e gostamos tanto que ficamos três dias. Ela é maravilhosa. A ilha me marcou muito e certamente um dia pretendo voltar lá. Embora a estadia não fosse das melhores, tudo era tão agradável que nem nos importamos.

A Charmosa Praia Sairee - Photo by Claudia Grunow

A Charmosa Praia Sairee – Photo by Claudia Grunow

Chegamos ao pequeno cais na praia em Mae Haad Bay e ao descer do barco já pude ver aquele mar transparente, cheio de corais e peixes.

Photo by Claudia Grunow

Photo by Claudia Grunow

Em frente ao Píer tem algumas agências de viagens, onde nós pesquisamos os preços dos passeios e quais passeios estavam disponíveis, mas não tenha pressa o que mais tem na ilha são agências de turismo. Nesta entrada também tem condução disponível para os hotéis. Na ilha como em quase toda a Tailândia não existe ônibus e sim umas caminhonetes que funcionam como táxi/ônibus. Quanto mais cheia, mais barato fica. O custou na época foi de 100 Bath*. Leve o nome do hotel e em qual praia fica, anotado e mostre ao motorista para facilitar. 

Não se engane ela não é pequena  e dependendo da praia em que estará hospedado, não existe a possibilidade de ir andando. 

No percurso até ao Hostel fui sentada a frente, na condução e pude observar o que estava por vir. O carro cortava o asfalto em subidas íngremes com floresta fechada dos dois lados e no topo no horizonte se descortinava aquele mar azul com tonalidades esverdeadas. A viagem foi rápida uns 10 min., mas ali percebi que existem vários hotéis e também ainda tem mata fechada.

A praia em que nos hospedamos foi Sairee. Assim que chegamos largamos tudo no Hostel e fomos desbrava – lá. A rua principal (à beira mar), desta praia é estreita, de paralelepípedo e tudo muito arrumado, parecia uma cidade de conto de fadas. Tudo limpinho, cheio de árvores, flores e muito gato (animal). Praticamente todos os estabelecimentos têm um gato e eram bonitos e dóceis. Não se pareciam nada com os mal encarados de Bangkok.

Sairee Beach - Photo by Claudia Grunow

Sairee Beach – Photo by Claudia Grunow

O Mar era fresco e límpido a praia cheia de coqueiros compridos que se esgueiravam em direção ao oceano como se quisessem deitar na areia e curtir um bronze. Ficamos ali conhecemos alguns brasileiros que passeavam, foram os poucos encontrados durante esta nossa viagem. Enfim… aproveitamos o pôr do sol.

Durante meu passeio pelo restante da ilha, percebi que embora ela seja pequena não vai faltar farmácias, casas de câmbio (Exchange), mercado (seven eleven), restaurantes e hotéis de todos os tipos, gostos e bolsos. Nos restaurantes desta ilha serve-se de tudo até pizza. Acho que é por conta da quantidade de turistas.

Ruas de Koh Tao - Photo by Claudia Grunow

Ruas de Koh Tao – Photo by Claudia Grunow

Junte a estas facilidades mencionadas acima pessoas receptivas e festas sempre animadas com fire shows e gente bonita em quase todas as noites. Não é um paraíso?

Pois bem! Ainda não acabou tem, além de tudo isso os passeios de barco que nos levam a recantos paradisíacos.

Praias da Ilha

A ilha tem mais ou menos onze praias grandes, várias outras pequenas e mais a ilha ao lado chamada de Kho Nang Yuan que é parada obrigatória.

As praias que considero mais importantes para o turista são: A Sairee Beach e a Mae Haad Bay. Estas duas ficam do lado leste da ilha e são as mais próximas da pequena ilha vizinha (Kho Nang Yuan), porém a melhor é Sairee. Ela é perfeita e tem tudo o que você precisa, podendo fazer tudo a pé.

A linda ilha de Koh Nang Yuan -Photo by Claudia Grunow

A linda ilha de Koh Nang Yuan -Photo by Claudia Grunow

Onde se Hospedar em Koh Tao

Ficamos em um Hostel que o custo da diária era de R$ 17,00 reais. Como a intenção era ficar um dia nem pensamos muito em conforto queríamos um lugar para repousar e foi exatamente isso que conseguimos, no Hostel que ficamos. Ele não oferecia café da manhã e não tinha sala de estar ou TV e muito menos uma cozinha. Porém o Staff eram um gentleman, mas eu não recomendaria. Os banheiros eram precários e a história de tirar o chinelo na recepção não funcionava porque o chão do quarto era repleto de areia.

O lado bom… As pessoas que conhecemos. Hostel sempre rola aquela interação.

O que eu indico é se hospedar em um hotel ou Hostel em Sairee Beach e se você quer conforto pague um pouco a mais.

Serviços e informações

Dinheiro

Moeda local é Bath e tem caixa eletrônico, bancos e casas para a troca de dinheiro (Exchange); Na praia Sairee tem sete, divididos entre, caixas ATM (que você consegue sacar seu dinheiro em dólar e depois troca na Exchange) e Exchange (casa de câmbio). No Bangkok Bank você consegue retirar seu dinheiro no caixa também, mas tem que pegar fila.

Saúde

Tem uma clinica médica internacional que fica no endereço: 1/53-54 Moo 2, Mae Haad Square.

Internet

Nos hotéis, hosteis e restaurante, wifi normal. Você vai conseguir postar em tempo real o seu selfie.

Laundry

Tem em várias praias isso possibilita que você leve poucas roupas. O custo é baixo.

Meio Ambiente e Voluntariado

   Na ilha existe esse  grupo de conservação ambiental que inclusive promovem festivais. Você pode desenvolver trabalho voluntário neste. Para maiores informações clique aqui.

  • Trabalho voluntário em escolas

Ser professor de música ou inglês com as crianças tailandesas é a proposta deste voluntariado. A escola é a Baan Koh Tao. Para saber os detalhes ou visitar, quando estiver lá, ligar no tel.: 08 14160404.

  • Trabalho voluntário Clinica para animais

Sim, gosta de trabalhar com os cachorro e gatos? Aliais, muitos gatos? Então entre aqui e consulte mais informações.

Gostou até aqui? Ainda não acabou! Entre no post abaixo para passear ainda mais nesta ilha.



Categorias:Asia, Koh Tao, Tailândia

Tags:, ,

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: