Brasília em 24 horas

Eu não me imaginava fazendo uma visita à Brasília com fins turísticos, pois eu “só” via a cidade como um ponto para engajados na política. O que não é o meu caso, mas ela caiu num dos meus itinerários e já que eu estava nela, porque não conhecê-la? Afinal nem só de política vive Brasília. Aliás, foi dela que saiu Renato Russo, Cássia Eller, Ney Matogrosso… Além desse gen artístico ela também é um patrimônio Histórico e cultural da Humanidade (desde 1987) e erguida do nada. Isso mesmo!

O ano foi 1960, o presidente Juscelino Kubitschek e a ideia era criar uma capital para o país. Lançou-se um concurso e o vencedor foi Lúcio Costa. A cidade seria vista do alto como um pássaro de asas abertas e neste, teria a assinatura do arquiteto Oscar Niemeyer em prédios, praças, monumentos e avenidas.

O resultado é uma cidade grande, jovem, moderna e toda planejada.

Cheguei numa quinta feira ensolarada e à medida que entrava na cidade fui ficando impressionada. Me senti num grande cenário de filme da década de 60, mas com ar de ficção científica. Eu pensei que lá, os Jatson (desenho animado) se sentiriam em casa.

Museu Honestino Guimarães - Photo by Claudia Grunow

Museu Honestino Guimarães – Photo by Claudia Grunow

As ruas e praças secas (sem nada) são largas e imensas é tudo muito grande. Não há fios de luz expostos é tudo debaixo da terra ficando muito arejado. As construções são modernistas, sem muros ou cercas e em formas cúbicas, quadradas esféricas, e em sua maioria com poucos andares. Desta forma, por onde você anda, vê o céu azul quase sempre impecável. Tudo fica no seu devido lugar, dividido por setores, ex.: Setor hoteleiro, habitacional, Motéis, Clubes, universidades e por aí vai.

Claro que muita coisa mudou ao redor da planta original. Afinal a cidade cresceu com a população que veio construí-la. Foi criando ao longo destes anos cidades chamadas satélites. Elas ajudam a formar o que hoje é Brasília. O projeto existe e foi tombado, ou seja, não vai poder ser modificado, porém as cidades satélites seguem seu curso sem planejamento algum.

Eu tive 24 horas para conhecer a cidade. Tempo curto, mas o suficiente. Acabei conhecendo os principais pontos turísticos e ainda consegui descobri um lugar não muito convencional para almoçar. A minha localização também ajudou, eu fiquei na Asa Norte no setor Hoteleiro, desta forma fui a pé à maioria dos lugares. Porém tome cuidado por ser tudo plano, arejado, você tem uma falsa impressão que dá para fazer a pé. De fato dá, mas se você fizer tudo andando vai estar quebrado no dia seguinte. Palavra de quem achou que dava!

Dicas importantes antes de conhecer Brasília: 

Para a caminhada: Vista roupas e calçados confortáveis, leve uma garrafa de água, protetor labial (o ar é muito seco) e protetor solar;

Sobre as condições climáticas: Importante ressaltar que em determinadas épocas do ano (após maio) a terra vermelha aparece e o ar fica seco, sem uma nuvem no céu. Algumas pessoas passam mal com o ar muito seco;

Sobre a visita em locais turísticos: Segunda feira a maioria dos locais de visitação estão fechados. E é entrada franca nos locais que mencionarei no post. Apenas o teatro que deverá comprar-se o ingresso do espetáculo escolhido e na feira de artesanato que deve-se pagar o que consumir, Ó-b-v-i-o, Porém para visitação apenas a entrada é livre.

Torre de TV e Feira de Artesanato

Eu acho que ela é o melhor mirante da cidade, pois do alto você consegue ter uma noção de  onde fica cada prédio ou local importante. Ela tem  224 metros, mas o mirante fica a 74m e foi de lá que tracei uma rota para visitar o que mais me interessou.

Antena de TV Brasília - Photo by Claudia Grunow

Antena de TV Brasília – Photo by Claudia Grunow

A vista me mostrou a Lago Paranoá e a ponte Jucelino Kubitschek (JK), o imponente estádio de futebol Mané Garrincha, um pouco mais acima o ginásio Nilson Nelson, o centro de convenção Ulisses Guimarães, o Memorial JK, a catedral, o Congresso Nacional e outros prédios que ainda visitaria. Tirei muitas fotos conversei com os visitantes, conheci uma simpática família (mãe e filho) e apreciei a vista.

Depois de contemplar a paisagem desci e fui à feira de artesanato que fica atrás da torre. Indico para você levar uma lembrancinha da cidade e comer uma comida típica da região. No Lugar tem várias lojinhas, restaurantes e música ao vivo.

Este foi o único passeio que não tinha fila para entrar e estava funcionando. Para subir a antena é com elevadores.

Serviços e Informações

 Torre de TV

Endereço: Fica no Eixo monumental Oeste. Próximo a zona hoteleira.

Ingresso: Entrada Franca

Horários:

  • Segunda à sexta das o9:00 até às 18:00.
  • Sábado e domingo Fechado

Feira de Artesanato

Endereço: Atrás da Torre de TV

Ingresso: Entrada livre paga somente o que comprar ou consumir.

Horários:

  • Segunda às 02:00 até às 06:00;
  • De terça a domingo das 08:00 às 06:00.

 

Shopping Conjunto Nacional e Teatro Nacional Claudio Santoro

Depois da antena eu resolvi tomar o meu café da manhã, que ainda estava atrasado e, optei pelo Shopping Conjunto Nacional, por estar no caminho para onde eu queria ir e ter mais opções. De fato consegui um pote gigante de salada de frutas a um preço justo. Esse shopping tem muitas lojas com preços interessantes e tem uma saída direto para a rodoviária. Caso você esteja por ela sem lugar para comer essa é uma boa dica. Ao sair do Shopping me deparei com o Teatro Nacional Claudio Santoro, o prédio impressiona. Infelizmente não estava aberto naquele momento, mas apreciei a arquitetura.

Teatro Nacional Claudia Santoro - Photo by Claudia Grunow

Teatro Nacional Claudia Santoro – Photo by Claudia Grunow

Serviços e Informações

Shopping Conjunto Nacional

Endereço:Conjunto A s/n Asa Norte

Horário:Todos os dias da semana dás 10:00 AM às 22:00 PM

Teatro Nacional Claudio Santoro

Endereço: Em frente ao shopping

Ingresso: Somente quando tem espetáculos

Telefone: + 55* (61) 3325- 6239

*para quem está fora do Brasil

Biblioteca Nacional de Brasília e o Museu Nacional Honestino Guimarães

Continuei seguindo, desci por dentro da rodoviária que fica ao lado do Teatro, atravessando uma ponte e segui no sentido Congresso Nacional. Cheguei a Biblioteca Nacional de Brasília e o Museu Nacional Honestino Guimarães. Ambos estavam fechados, fiquei muito desapontada, mas apreciei a arquitetura. A Biblioteca é interessante, mas não muito convidativa. já o museu é um dos locais mais bonitos que visitei. Senti muito não ter entrado.

 Museu Nacional Honestino Guimarães - Photo by Claudia Grunow

Museu Nacional Honestino Guimarães – Photo by Claudia Grunow

Serviços e informações

Biblioteca Nacional - Photo by Claudia Grunow

Biblioteca Nacional – Photo by Claudia Grunow

Biblioteca Nacional de Brasília

Endereço: Na Esplanada dos Ministérios 2

Ingresso: Entrada Franca.

Horário:

  • De segunda à sexta das 08:00 às 19:45.
  • Sábado e Domingo dás 08:00 às 14:00

Museu Honestino Guimarães

Endereço: Ao lado da Biblioteca

Ingresso: Entrada Franca

Horário:

  • De terça a domingo dás 09:00 às 18:30;
  • Segunda-feira fechado.

 

Catedral Nossa Senhora Aparecida

De lá rumei para a Catedral Metropolitana Nossa Senhora Aparecida. que também fica ao lado do Museu. Primeiro olhei por fora a estrutura é muito bonita. Observei as inúmeras flores que são vendidas na entrada da igreja. São plantas do cerrado, algumas tingidas… fiquei impressionada que o dono resolveu me dar uma que me causou alguns problemas no congresso Nacional.

Catedral Nossa Senhora Aparecida- Photo Claudia Grunow

Catedral Nossa Senhora Aparecida- Photo Claudia Grunow

Depois de andar por fora entrei e perdi um tempo maior lá. Gosto muito de arquitetura. Em outra vida devo ter sido arquiteta. Fiquei impressionada com a estrutura e os vitrais. Não sou católica, mas gostei muito do que vi. Dentro não usei a câmera (para não fazer barulho), só o celular, em respeito às pessoas que estavam orando.

Neste passeio é importante você estar vestido de acordo. roupas curtas não são permitidas, ou sem camisa. Também não é permitido, comidas, bebidas, animais de estimação. Nos dias de cultos também não é permitido fazer visitação.

Serviços e Informações Catedral

Endereço: Eixo Monumental  dos Ministérios. Em frente ao Museu Nacional Honestino Guimarães.

Ingresso: Entrada Franca.

Horário: De segunda a domingo dás 08:00 às 18:00.

Praça dos três poderes e seus redores

Saindo da Catedral segui para a Praça dos três Poderes. Passei pela Esplanada  dos Ministérios, são vários prédios lado a lado onde funcionam todos os ministérios do nosso governo (agricultura, indústria e assim vai). Deixei para trás o prédio do Itamaraty, a Câmara dos Deputados, pulei o  Congresso nacional e parei na tal praça. Que caminhada!

Panteão - Photo by Claudia Grunow

Panteão – Photo by Claudia Grunow

Na praça você tem o Supremo Tribunal Federa o Museu Histórico da Cidade e alguns monumentos importantes. Na minha opinião o mais conhecido e bonito é o Monumento dois Candangos.

Do lado esquerdo da praça fica o Palácio do Planalto, palco de muitas histórias do nosso país. E em frente a praça o Panteão da Pátria. O Panteão é um museu que homenageia os Heróis Nacionais, Tiradentes é um exemplo. Destaque para o vitral de Marianne Peretti. Ao lado do Panteão Tem uma tocha em memória as pessoas que morreram para que a cidade fosse erguida. Vale subir para uma foto.

img_9590

Serviços e Informações

Serviço Museu Histórico da Cidade

Horários: De terça a domingo e feriados das 09:00 às 18:00

Serviço Palácio do Planalto

Horários: Somente aos Domingos das 09:30 as 14:30.

Tempo: duração 30 min e 30 pessoas por grupo.

 Serviço Panteão

Horários:De terça a domingo, inclusive feriados das 09:00 às 18:00

Importante

Todos esses passeios são com entrada franca.

Congresso Nacional

Depois da praça, ainda passei em frente ao Palácio da Justiça e já ia embora quando vi que dava para visitar, nas segundas feiras, sem a necessidade de agendamento, o Congresso Nacional. Desci apressada afim de ver se eu conseguia visitá-lo antes do almoço.

Em minha opinião ele é o mais importante prédio da cidade. Fica no início de todo o eixo monumental e foi palco de muitos acontecimentos. Posse presidenciais, manifestações e movimentos que escreveram a história do nosso país. Algumas não muito boas, mas enfim o lugar sem dúvida é parada obrigatória em Brasília.

Congresso Nacional - Photo by Claudia Grunow

Congresso Nacional – Photo by Claudia Grunow

Cheguei na recepção e percebi que para entrar é muito sossegado, apenas verifique se não tem uma sessão importante, caso sim, a maioria do passeio não será possível. Caso contrário você conseguirá ver muitos lugares e fotografar também. Para entrar você terá que passar por um detector de metais que apenas detecta metais, porém se você resolver levar uma flor do sertão como eu, pode ter um inconveniente de o objeto ficar preso lá dentro e baixar a polícia para tirar aos pedaços da minha florzinha. Enfim, depois de explicar que era uma flor ganhada não era um objeto perfurante, eu consegui acesso ao tour.

Como funciona esse tour ?

Ele geralmente dura em média 30 minutos e no mínimo umas 15 pessoas por grupo. Uma item bem importante é que tem alguns horários com guias que falam em inglês e Francês ( abaixo colocarei os horários).

E assim, com uma guia Brasilience, orgulhosa de sua cidade, com uma mochila e uma sapatilha velha, consegui adentrar a história do meu país. Junto com o grupo percorremos por salas importantes como a câmara do Senado, dos deputados, túneis, museus áreas da época do início de Brasília. Vimos esculturas, quadros, painéis de artistas famosos que doaram suas obras ao governo. Foi um passeio muito interessante e gratuito. Gostei muito e indico.

Serviços e Informações Congresso Nacional

Entrada Franca, porém se atentar a roupa, sim em dias que tem sessão no senado ou na camara dos Deputados eles são mais rígidos.

Endereço: Palácio do Congresso Nacional – Praça dos 3 Poderes, Brasília – DF, 70160-900.

Horários: 09:00 às 17:30

Atendimento em língua estrangeira

Segundas, quintas e sextas

  • Inglês:11:45 às 16:15 PM
  • Espanhol:12:15 às 16:45 PM
  • Francês:12:45 PM

As visitas em português acontecem a cada 30 minutos.

É necessário agendamento prévio nas terças, quartas e quintas e também para grupos maiores de quinze pessoas.

Telefones: (61) 3216 -1768 ou (61) 3303-4671.

Mais informações nos sites do Congresso Nacional  e no autoatendimento da câmara 

Almoço com Vista Incrível

Depois de visitar o Congresso Nacional eu já estava azul de fome e a minha guia Brasilence me deu uma dica valiosíssima. Um restaurante com uma vista incrível e preços camaradas. Ele fica no último andar da Câmara dos Deputados e você tem duas opções um restaurante e uma lanchonete, ambos do SENAI.  De quebra entre os dois tem uma galeria de artes. No dia a exposição estava colorida e atraente.

vista da galeria - Photo by Juliana Junqueira

vista da galeria – Photo by Juliana Junqueira

Chamei uma amiga que morava em Brasília na época e escolhemos almoçar na lanchonete que também servia pratos do dia e era mais em conta que o restaurante. O prato foi a um preço justíssimo e ainda eu e uma amiga trocamos figurinha com o Palácio do Planalto nos vigiando pela  redonda janela. TOP. Foi divíno, para mim comer tem que ter dois ingredientes eu me sentir bem no local e a comida estar boa e este local preencheu os requisitos.

Vista do restaurante- Photo by Claudia Grunow

Vista do restaurante- Photo by Claudia Grunow

Serviços e Informações

Serviços do Restaurante e Lanchonetes SENAI

Endereços: Complexo Administrativo da Câmara dos Deputados, 10º andar, Anexo IV, Praça dos Três Poderes.

Horários: Até às 18:00 PM em dias que a Câmara funciona, até às 21:00 horas.

Preços: O restaurante estava R$58,00 o kg e a Lanchonete os pratos do dia estavam entre R$20,00 à R$28,00*.

*Todos os preços podem ter alterações. Estes foram baseados no ano de 2016 em Maio.

Parque Dom Bosco e Lago Paranoá

Alimentadas resolvemos fazer a digestão lá pelas bandas do lago Paranoá. Escolhemos primeiramente o Parque Dom Bosco, pois queríamos andar e ver o por do Sol. O lugar é tranquilo com um palco ao ar livre bem grande. Imagino que assistir shows nele deva ser muito bom. Existe também igrejas um santuário e muito lugar para andar.

Ponte Juscelino Kubitschek - Photo by Claudia Grunow

Ponte Juscelino Kubitschek – Photo by Claudia Grunow

Depois de descansadas voltamos para apreciarmos o restinho de pôr do Sol do outro lado da ponte Juscelino Kubitschek e apreciarmos o lago Paranoá. O lago é artificial, mas enorme e nesta orla existe vários restaurantes e bares badalados, nós ficamos na orla mesmo apenas para apreciar o resto da tarde o Sol foi generoso e foi dormir com um despedida espetacular a ponte as pessoas andando de stand up paddle… Incrível!

Por do Sol no Lago Paranoá- Photo Juliana Junqueira ( minha amiga)

Por do Sol no Lago Paranoá- Photo Juliana Junqueira ( minha amiga)

Serviços e Informações Parque Dom Bosco

Endereço: QL 30, s/n – Lago Sul, Brasília

Horários: Todos os dias das 06:00 am até 20:00

A noite de Brasília

Na volta para casa apreciamos as luzes dos monumentos e prédios da cidade. Eu indico a noite é outra sensação.

A noite de Brasília - Photo by Claudia Grunow

A noite de Brasília – Photo by Claudia Grunow

Jantamos num Food Truck um delicioso churrasco com mandioca cozida. Afff que delícia! Aliáis a mandioca ou macacheira como é chamada ou ainda aipim no Sul é um dos ingredientes que não pode faltar em um churrasco em Brasília. Eu fiquei meio assim, mas quando vi aquele prato fumegando com uma mandioca quase derretendo de tanto cozinhar… Definitivamente meus churrascos não serão mais os mesmos.

Antes de encerrar a noite fomos para um bar próximo a Universidade de Brasília chamado Pinella ao lado deste Bar tem vários outros, mas gostei deste. No dia estava com muitos universitários a musica estava boa e os garçons eram lindíssimos.

Serviços e Informações do Pinella

Endereço: CLN 408 B 18/20 – shcn, Brasília – DF, 70722-000

Horários:

  • Segunda, terça e Quarta:  17:00 às 01:00;
  • Quinta, Sexta e Sábado: 17:00 às 02:00;
  • Domingo é fechado (boring).

Site  aqui

Assim foi o meu passeio por esta cidade. Rápido, igual visita de médico, mas adorei Brasília o clima, o céu… Que céu!! Super Azul.

A maioria dos passeios é free!Adooooro!

As pessoas simpáticas e lindas. Quis casar várias vezes nessas 24 horas!

Eu indico passear por ela mesmo que você tenha levado na sua mochila o seu direito cívico e seus pensamentos políticos.

//pagead2.googlesyndication.com/pagead/js/adsbygoogle.js

(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});



Categorias:Brasília, Dica de Bolso!

Tags:, ,

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: